18 de janeiro de 2011

Jesus - a barca da salvação

"A história do dilúvio, por um lado, é assustadora, pois relata a ira e o castigo de Deus para a maldade e a descrença do ser humano. Mas ela também é consoladora, pois revela o cuidado e o amor que Deus tem para com todos que o amam, guardam os seus preceitos e vivem em comunhão com ele.

Aos olhos do Senhor, somente Noé vivia desse modo, naquela época. É a ele que Deus indica um meio de salvação - a barca. A opção de aceitar ou não esta proposta é escolha dele. Sem duvidar, Noé põe mãos à obra, constrói a barca, entra nela, e é salvo.

A história do dilúvio serve de exemplo para mostrar as nossas chances de salvação. Deus alerta na Escritura que o fim dos tempos se aproxima. Por um lado, esta notícia é assustadora. No entanto, o próprio Senhor que, através da sua Palavra, NÃO CANSA DE ALERTAR PARA A REALIDADE DO FIM, também oferece o meio de salvação: a barca na qual podemos entrar para escapar do dilúvio, que é Jesus Cristo.

Ele foi enviado pelo Pai com a missão de conduzir os que creem ao porto seguro, o céu, através de seu sacrifício na cruz. Muitos teimam em não entrar nessa barca. Acreditam que se ficarem de fora, nada de ruim lhes acontecerá. Outros entram nela e, pela fé, tem a certeza de que ali estão completamente seguros.

E você? Está dentro ou fora da barca? Vai entar ou não? Vai permanecer dentro ou vai pular fora? A fim de escapar do "grande dilúvio", embarque e permaneça em Jesus! "

Leandro Mangold

Nenhum comentário:

Postar um comentário